Número de mortos em deslizamento em parque industrial da China sobe para 58

Pequim, 6 jan (EFE).- O número de mortos pelo deslizamento de terra em um local de despejo de resíduos de construção em um parque industrial de Shenzhen, no sul da China, no dia 20 de dezembro, subiu para 58, enquanto outras 77 pessoas seguem desaparecidas, informou nesta quarta-feira a agência oficial "Xinhua".

Após quase uma semana sem novas informações sobre as operações de salvamento, as equipes de resgate atualizaram os números de vítimas de um dos piores acidentes ocorridos no país em 2015 e destacaram que seis dos corpos ainda não puderam ser identificados.

Segundo as autoridades locais, 10 dos 17 feridos que foram hospitalizados logo depois do incidente já receberam alta.

Onze pessoas foram presas por sua suposta responsabilidade no acidente, entre elas o representante legal e o subdiretor da empresa que estava a cargo do depósito dos resíduos de construção que, apesar de ter superado sua capacidade máxima de armazenamento no início do ano passado, seguia em funcionamento.

Os presos foram acusados por "negligência causadora de um acidente grave" pela Promotoria local. Na semana passada, a Justiça também determinou a prisão de outros suspeitos que estão foragidos.

Shenzhen, vizinha a Hong Kong, é uma das cidades chinesas que mais cresceu nas últimas décadas, o que provocou problemas de gestão dos resíduos de grandes obras, como reconheceram as autoridades municipais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos