ONU prepara nova resolução contra Coreia do Norte por teste nuclear

Nações Unidas, 6 jan (EFE).- O Conselho de Segurança da ONU qualificou nesta quarta-feira como uma "clara ameaça" para a paz mundial o teste nuclear realizado pela Coreia do Norte, e anunciou que trabalhará "imediatamente" para adotar uma nova resolução de condenação.

O anúncio foi feito pelo embaixador do Uruguai na ONU, Elbio Rosselli, cujo país preside o Conselho este mês, em uma declaração que leu aos jornalistas no final de uma reunião de emergência realizada por esse organismo das Nações Unidas.

O teste nuclear norte-coreano é "uma clara ameaça à paz e à segurança" internacional e uma "clara violação" das resoluções da ONU que exigem ao regime de Pyongyang o final dessas práticas.

A declaração lembra que, em outras ocasiões, as Nações Unidas tinham ameaçado adotar novas "medidas significativas" caso Pyongyang continuasse com esses testes nucleares.

Diante do teste de hoje, Rosselli declarou que os integrantes do Conselho trabalharão "imediatamente" para adotar uma nova resolução nesse sentido, sem detalhar se haverá uma ampliação das sanções já existentes.

Desde 2006 a ONU vem sancionando a Coreia do Norte pelos testes nucleares realizados até o momento (o de hoje é o quarto do qual se tem conhecimento) e pelo programa de mísseis balísticos que está desenvolvendo.

Após sua reunião de hoje, segundo a declaração divulgada no final, o Conselho acredita que o teste não só é uma violação às resoluções da ONU, mas também ao regime de não-proliferação nuclear buscado pela comunidade internacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos