Queda de projéteis em Damasco mata pelo menos oito pessoas

Damasco/Cairo, 6 jan (EFE).- Pelo menos oito pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nesta quarta-feira por causa do impacto de projéteis na capital Damasco, informaram o Observatório Sírio de Direitos Humanos e o Ministério do Interior.

A maioria dos foguetes caiu nos cêntricas ruas de Bagdá e Al Abed, enquanto outro caiu perto da Faculdade de Economia, no bairro ocidental de Al Baramica.

O número de feridos varia segundo a fonte, entre os 30 do Observatório e os 23 do Ministério do Interior.

O Observatório não descartou que aumente o número final de vítimas mortais devido à gravidade do estado de saúde de muitos feridos.

Uma fonte do Ministério do Interior, citada pela agência oficial Sana, informou que as bombas foram lançadas pelos "terroristas" do Exército do Islã, um grupo rebelde sírio de tendência islamita.

Por sua vez, as forças do regime bombardearam o bairro de Yubar, nos arredores de Damasco.

Neste bairro e no subúrbio leste da capital síria estão os redutos dos grupos armados opositores, que bombardeiam com frequência os bairros de Damasco sob o controle do regime.

Em meados de dezembro, pelo menos seis pessoas perderam a vida e outras três ficaram feridas pela queda de foguetes e bombas em áreas residenciais de Damasco, no bairro de Yaramana e no campo de Al Wafidin.

A Síria é há quase cinco anos palco de um conflito que tirou a vida de mais de 260 mil pessoas, segundo a apuração do Observatório. EFE

gb-ms-mv/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos