Rubio pede a Obama sanções a chavistas por "sabotagem" de resultado eleitoral

Washington, 6 jan (EFE).- O pré-candidato republicano à Casa Branca Marco Rubio pediu nesta quarta-feira ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que imponha sanções contra os que tentam "sabotar" o resultado das eleições legislativas do dia 6 de dezembro na Venezuela, que colocaram fim a 17 anos de hegemonia chavista na Assembleia Nacional.

"Há uma crescente evidência de que o regime de (Nicolás) Maduro na Venezuela não tem intenção de aceitar os resultados das (eleições) legislativas", disse hoje o senador pela Flórida em comunicado.

"Primeiro, manipulando o sistema judiciário para bloquear alguns parlamentares eleitos. Depois, intimidando outros ao impedir sua entrada na Assembleia Nacional. As marionetes de Maduro estão tentando sabotar a vontade do povo da Venezuela", destacou Rubio.

Os deputados eleitos tomaram posse ontem, depois de a oposição ter conquistado uma importante vitória no pleito, ao obter 112 cadeiras no parlamento contra 55 dos chavistas.

No entanto, ainda não está claro o que ocorrerá com os mandatos de quatro deputados impugnados do estado Amazonas, no sul do país, três deles da oposição e um aliado do governo, que não tomaram posse com os demais eleitos ontem.

Para Rubio, um dos favoritos a vencer a corrida pela indicação republicana à Casa Branca, o governo de Obama e outros países do continente tem o dever de denunciar o que considera como uma "flagrante subversão" da democracia e também "garantir que a oportunidade democrática na Venezuela não escape na frente de nossos olhos".

Na avaliação do senador, isso inclui a aplicação de sanções aos indivíduos que ordenem ou efetuem ações que violem os direitos humanos e "asfixiem ainda mais" a democracia na Venezuela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos