Secretário-geral da Otan pede que Coreia do Norte abandone programa nuclear

Bruxelas, 6 jan (EFE).- O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, afirmou nesta quarta-feira que o teste nuclear da Coreia do Norte "solapa a segurança regional e internacional" e pediu que o país respeite plenamente suas obrigações internacionais, abandonando os programas de armas atômicas e de mísseis balísticos.

"O teste de arma nuclear anunciado pela Coreia do Norte é uma clara violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU", disse o principal responsável pela Otan em comunicado divulgado hoje.

Stoltenberg condenou o "desenvolvimento contínuo" de programas de armas nucleares e de mísseis balísticos por parte da Coreia do Norte, além de criticar a "retórica inflamatória e ameaçadora" do regime de Pyongyang.

O secretário-geral da Otan pediu que os norte-coreanos respeitem plenamente "suas obrigações e compromissos internacionais". Além disso, reiterou que Pyongyang deve "abandonar seus programas de armas nucleares e de mísseis balísticos existentes de maneira completa, verificável e irreversível".

Stoltenberg também afirmou que a Coreia do Norte deve realizar diálogos "críveis e reais sobre desnuclearização" com a comunidade internacional.

A Coreia do Norte anunciou hoje em sua emissora estatal de televisão que realizou o primeiro teste com uma bomba nuclear de hidrogênio, pouco depois da detecção de um terremoto de magnitude 5,1 graus na escala Richter no nordeste do país, como consequência da operação atômica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos