Irã acusa Arábia Saudita de atacar sua embaixada no Iêmen

Teerã, 7 jan (EFE).- O governo do Irã afirmou nesta quinta-feira que aviões de guerra da Arábia Saudita atacaram a sede de sua embaixada na capital do Iêmen e causaram vários feridos entre seu pessoal, informaram meios de imprensa iranianos.

"A Arábia Saudita é responsável dos danos causados na embaixada do Irã e pelos ferimentos causados em alguns dos trabalhadores da sede diplomática", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Hossein Jabein Ansari, segundo a emissora "IRIB".

As tensas relações entre Irã e Arábia Saudita, dois dos eixos fundamentais na geopolítica do Oriente Médio, complicaram depois que em 2 de janeiro Riad executou um destacado clérigo xiita, credo majoritário no país persa.

À execução seguiram protestos de grupos xiitas em vários países muçulmanos enquanto no Irã grupos de incontrolados atacaram duas legações diplomáticas do reino saudita, um incidente que culminou na decisão de Riad de colocar fim aos laços diplomáticos entre ambos países.

A decisão saudita de romper relações com Teerã foi seguida por outros países de maioria muçulmana, especialmente da Península Arábica.

A Arábia Saudita, ao comando de uma coalizão árabe, começou em março uma ofensiva militar no Iêmen contra os houthis e em apoio do presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos