Mineradores presos após desabamento na China são encontrados mortos

Pequim, 7 jan (EFE).- As equipes de resgate encontraram os corpos dos 11 mineradores que ficaram presos na quarta-feira após um desabamento em uma mina de carvão na província de Shaanxi, no centro-norte da China, segundo confirmaram as autoridades locais.

O fato aconteceu às 9h (horário local, 23h de terça-feira em Brasília) na mina Liujiamao da comarca de Shenmu, quando 49 pessoas trabalhavam em seu interior, das quais 38 conseguiram escapar.

Inicialmente foi informado que os trabalhadores presos eram dez, mas o número aumentou hoje, depois que os corpos foram localizados a partir das primeiras descobertas por volta das 7h (21h de quarta-feira em Brasília).

O acidente aconteceu em uma região onde a extração de carvão tinha criado um vazio no terreno, segundo investigações preliminares.

Trata-se do segundo acidente grave no setor de mineração chinês nos últimos dias, já que no dia 25 de dezembro outro desabamento em uma mina de gesso da província oriental de Shandong deixou 17 funcionários presos, os quais ainda se tenta resgatar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos