Dezenas de famílias são evacuadas por novas inundações na Escócia

Londres, 8 jan (EFE).- Dezenas de famílias foram evacuadas no condado escocês de Aberdeen após o transbordamento de vários rios pelo forte temporal e vento que nesta sexta-feira atingiu o nordeste da Escócia e causou novas inundações.

Os residentes de Port Elphinstone, perto de Inverurie, foram transferidos a centros de amparo enquanto as ruas da cidade ficaram tomadas pela água, ao mesmo tempo que várias famílias em Ellon foram também evacuadas pela cheia do rio Ythan.

A Agência de Proteção Meio Ambiental escocesa (Saiba) declarou o máxima alerta por inundações no nordeste escocês e a polícia advertiu aos residentes das zonas em risco que tratem de abandonar suas casas.

A linha de trem entre Aberdeen e Dundee foram suspendas pelas inundações enquanto o aeroporto internacional de Aberdeen permanece parcialmente fechado para reparações, o que se soma a interrupções de estradas e elétricas.

Embora a zona de Aberdeen seja hoje a mais afetada, há alertas de chuvas fortes, neve e gelo também para outros condados escoceses assim como no norte da Inglaterra e Irlanda do Norte.

O norte da Inglaterra e Escócia já foram muito afetados por inundações no final de dezembro e começo deste mês, por três tempestades consecutivas que causaram estragos.

O Escritório Meteorológico britânico (Met Office) confirmou que dezembro foi o mês mais chuvoso e mais cálido no Reino Unido desde que começaram os registros há mais de um século.

Em dezembro, as precipitações deixaram até 230 litros de água por metro quadrado, com temperaturas médias de 7,9 graus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos