Estado Islâmico ameaça envenenar e matar infiéis nos Bálcãs

Belgrado, 8 jan (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) dirigiu novas ameaças contra os "infiéis" nos Bálcãs em um vídeo, divulgado pelos meios de comunicação sérvios e bósnios, no qual afirma que essa região é uma nova frente contra a Europa cristã.

"Envenenar os infiéis, matá-los, minar seus carros, casas" é uma das mensagens do vídeo de intitulado de "A honra está na jihad".

No vídeo aparecem também vários combatentes procedentes dos países balcânicos como Bósnia-Herzegovina, Kosovo e Albânia.

Nele, os combatentes asseguram que é preciso "derrubar o governo traidor da Bósnia-Herzegovina", criar um califado nos Bálcãs e conquistar a Europa cristã".

Os jihadistas dizem que os Bálcãs é uma região na qual durante séculos houve combates e que agora se transformou em uma nova frente e um escudo contra as cruzadas da Europa.

Bósnia e Kosovo são dois dos países europeus que mais militantes têm nas fileiras de grupos jihadistas como o EI.

O fato de que maioria dos bósnios e kosovares é muçulmana é uma herança de séculos de dominação otomana e poucos seguem as correntes ultraconservadores impulsionadas desde países como a Arábia Saudita, apesar de nas últimas décadas terem reforçado sua influência na região.

Mais de dez atentados terroristas ocorreram na Bósnia-Herzegovina desde 1995, cometidos por pessoas vinculadas com as doutrinas islâmicas extremistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos