Morre aos 92 anos o estilista francês André Courrèges

Paris, 8 jan (EFE).- O estilista André Courréges, um dos ícones da moda francesa do século XX, que popularizou a minissaia na década de 70, morreu na noite de quinta-feira aos 92 anos, anunciou nesta sexta-feira a marca que leva seu nome.

Em comunicado, a marca apontou que Courréges faleceu em sua casa de Neuilly-sul-Seine, perto de Paris, após mais de 30 anos de "combate contra o mal de Parkinson".

André Courrèges criou sua própria marca em 1961 com o apoio de Cristóbal Balenciaga, seu antigo mestre, e revolucionou o mundo da moda com propostas que, em sua época, chocaram os princípios conservadores da sociedade.

Ele se aposentou na década de 90, mas sua grife protagonizou um famoso retorno na última Semana da Moda parisiense, pelas mãos dos jovens criadores Arnaud Vaillant e Sébastien Meyer.

Nascido em Pau, no sul da França, em 9 de março de 1923, o costureiro será lembrado por ter promovido a minissaia e a calças para as mulheres nos anos 1960, e ter se inspirado sempre nas formas geométricas e pela influência da arquitetura em suas criações.

"Atlético e apaixonado pela luz", tal como seu perfil é descrito no site de sua grife, Courrèges estudou Engenharia de Pontes e Caminhos, onde se familiarizou com os conceitos arquitetônicos, e desembarcou em Paris em 1945, onde fez sua estreia na casa Balenciaga em 1950.

Courrèges abriu sua própria companhia 11 anos depois, de onde lançou as minissaias e a calças para uma mulher até então nada habituada à peça.

As "pantacourt" (calças cropped larguinhas, tendência agora em 2016) foram outra das inovações apresentadas por um Courrèges cada vez mais futurista numa época em que o homem acabava de pisar na superfície lunar.

A assinatura fez grande sucesso durante várias décadas, mas foi perdendo o brilho até que em 1994 ele se retirou das passarelas, com uma breve volta de cinco anos à Alta Costura, que se encerrou completamente em 2002.

O presidente francês, François Hollande, afirmou, após saber da morte do estilista, que "André Courrèges marcou com sua digital a alta costura francesa".

"Criador revolucionário, utilizou formas geométricas e materiais novos. Courrèges era um estilo e uma época", ressaltou Hollande, ao enviar suas condolências a sua família e a sua casa de moda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos