Incêndios na Austrália deixam 2 mortos e 143 propriedades destruídas

Sydney (Austrália), 10 jan (EFE).- Duas pessoas morreram e 143 propriedades ficaram destruídas nos incêndios que com um perímetro de 226 quilômetros ardem neste domingo na região do estado da Austrália Ocidental, oeste do país.

As vítimas, faltando os resultados finais dos legistas, são dois australianos de 77 e 73 anos de idade cujos corpos queimados foram descobertos na véspera na cidade de Yarloop, segundo a emissora local "ABC".

Os incêndios, que começaram na quarta-feira passada, atingiram na sexta-feira Yarloop, cidade situada entre as de Waroona e Harvey.

Os bombeiros, quando puderam entrar no local no sábado, encontraram os corpos entre os restos de uma casa queimada.

Brad Vale, do Departamento de Serviços de Bombeiros e Urgências, declarou hoje que esperam comprovar ao longo do dia se funcionam as linhas de contenção que foram traçadas para controlar os incêndios.

As condições meteorológicas entre a noite do sábado e a manhã do domingo favoreceram os trabalhos dos bombeiros.

Os incêndios, acidentais ou premeditados, são frequentes na Austrália durante o verão no hemisfério sul.

Os piores vividos no país nas últimas décadas ocorreram no começo de fevereiro de 2009 no estado de Victoria (sudeste) e causaram 173 mortos e 414 feridos, queimando uma superfície de 4.500 quilômetros quadrados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos