Antes de discurso sobre Estado da União, Obama pede "reparos" na política

Washington, 12 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta terça-feira que o futuro que os americanos desejam só será concretizado com "reparos" na política do país, algo para o que se requerem "laços básicos de confiança" entre os cidadãos.

Em uma antecipação do que será seu último discurso sobre o Estado da União, que pronunciará esta noite às 21h (horário local, 0h de Brasília), Obama pediu "trabalho conjunto" e "debates racionais e construtivos", em aparente alusão a seus rivais republicanos.

"O futuro que queremos (...) está em nossas mãos. Mas só será possível se trabalharmos juntos. Só será possível se tivermos debates racionais e construtivos. Só será possível se repararmos nossa política", destacou o presidente americano, um ano antes de deixar o cargo.

Obama citou os "pais fundadores" dos Estados Unidos para referir-se à distribuição do Poder Executivo entre os estados e os distintos braços do governo federal, mas assegurou que a democracia "requer laços básicos de confiança entre seus cidadãos".

Nos trechos antecipados de seu discurso, o presidente insta os americanos a "não ter medo" do futuro, um futuro que segundo sua opinião trará mudanças que "podem ampliar as oportunidades e a igualdade".

"E, gostemos ou não, o ritmo desta mudança apenas se acelerará", ressaltou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos