"Rolling Stone" publica o vídeo completo da entrevista de "El Chapo"

Nova York, 12 jan (EFE).- A revista americana "Rolling Stone" publicou nesta terça-feira o vídeo completo da entrevista do ator Sean Penn com Joaquín "El Chapo" Guzmán quando o narcotráfico mexicano ainda estava foragido.

No vídeo, de 17 minutos de duração, Guzmán responde em espanhol às perguntas enviadas por Penn através de seu telefone e que são lidas por uma pessoa que não aparece nas imagens. Gravado no que parece ser um celular, o narcotraficante aparece usando uma camisa azul de botões e um boné, sentado ao ar livre enquanto responde às questões.

O conteúdo da entrevista já tinha sido divulgado previamente por escrito pela "Rolling Stone", que também tinha oferecido um extrato da conversa em vídeo. Guzmán se estende nas primeiras respostas, focadas em sua infância e seu início no mundo das drogas. As demais, no entanto, são respondidas com muita brevidade.

Entre outros aspectos, o narcotraficante explica que começou a cultivar papoula e maconha aos 15 anos como forma de subsistência e reconhece que as drogas "destroem".

"Infelizmente, como lhe comento, onde eu cresci não existia outra maneira, nem existe, de sobreviver e não havia outro caminho que não fosse realizar nossa economia para poder viver", explica.

Guzmán diz não ser um homem violento e garante que o único que fez ao longo de sua vida foi se defender. No vídeo, ele também afirma que o negócio da droga nunca terminará. "El Chapo" relata que experimentou algumas drogas, há mais de 20 anos, mas nunca chegou a desenvolver dependência e se declara muito feliz por ter recuperado a liberdade fugindo de prisão.

Quando perguntado sobre como imagina os seus últimos dias e o nome do traficante colombiano Pablo Escobar é mencionado, ele responde: "Sei que um dia vou morrer. Espero que seja de morte natural".

Joaquín Guzmán Loera foi capturado no último dia 9, depois de uma operação da Marinha mexicana na cidade de Los Mochis, em seu estado natal de Sinaloa, seis meses após sua fuga do presídio de segurança máxima El Altiplano. O líder do Cartel de Sinaloa já tinha protagonizado uma fuga em 2001 de outra penitenciária de segurança máxima, mas no estado de Jalisco, onde estava desde 1995 após ser capturado na Guatemala dois anos antes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos