Austríaco sequestrado no ano passado por Estado Islâmico na Líbia é libertado

Viena, 13 jan (EFE).- O austríaco de 39 anos sequestrado na Líbia desde março de 2015 pelo grupo terrorista Estado Islâmico foi libertado e chegou nesta quarta-feira a Viena em bom estado de saúde, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores.

Com ele foi solto também um cidadão sérvio. Ambos tinham sido levados primeiro para Malta, antes de voltarem a seus países, segundo a agência "APA".

O austríaco desapareceu no início de março do ano passado com outras seis pessoas, após um ataque dos jihadistas ao campo petrolífero de Al-Ghani, situado na cidade líbia de Zella, a 750 quilômetros de Trípoli.

O Ministério das Relações Exteriores ainda não revelou o nome de seu cidadão, mas vários meios de comunicação do país o identificaram como Dalibor S.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos