Arquipélago dos Açores se prepara para chegada da tempestade "Alex"

Lisboa, 14 jan (EFE).- O arquipélago luso dos Açores, situado no oceano Atlântico a cerca de 2 mil quilômetros de Portugal continental, prepara-se para receber na noite desta quinta-feira a tempestade subtropical Alex, que poderá se intensificar com ventos de mais de 100 km/h e adquirir a categoria de furacão.

O governo regional dos Açores recomendou medidas de "prevenção", como o fechamento das escolas primárias de sete das nove ilhas do arquipélago: Santa Maria e São Miguel (grupo oriental) e Graciosa, Faial, Pico, Terceira e São Jorge (grupo central), segundo um comunicado.

"Também recomendamos que as pessoas não façam atividades ao ar livre e o fechamento dos centros de atividades ocupacionais", assinalou o Executivo regional.

Os serviços de Defesa Civil e de Bombeiros estão em alerta e se dedicaram a limpar zonas potencialmente perigosas e os sistemas de encanamentos, água e esgoto.

O fenômeno natural pode ter como consequência, entre hoje e amanhã, chuvas fortes e deslizamentos de terra nas Açores.

Segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos, a tempestade Alex, que se formou no extremo leste do Oceano Atlântico fora de temporada, estava localizada hoje perto da latitude 30,1 graus norte e da longitude 29,3 graus oeste.

O arquipélago dos Açores, o território mais afastado de Portugal continental, é formado por nove ilhas de origem vulcânica nas quais moram cerca de 250 mil pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos