Monitor de estudantes atingidos por avalanche é detido por homicídio culposo

Paris, 14 jan (EFE).- O monitor do grupo de estudantes atingido ontem por uma avalanche em uma pista de esqui nos Alpes franceses - o que provocou a morte de dois alunos - foi detido nesta quinta-feira sob acusação de homicídio culposo.

O procurador da República na cidade de Grenoble, Jean-Yves Coquillat, afirmou em entrevista coletiva que as investigações deverão determinar o estado psiquiátrico do acusado - que ficou gravemente ferido - e sua capacidade para dirigir um grupo.

A avalanche começou por volta das 16h (hora local 13h de Brasília) de ontem na estação de Deux Alpes, a cerca de 2.800 metros de altitude, e causou a morte de dois adolescentes franceses de 16 anos e de um esquiador ucraniano que não estava com o grupo.

A pista de esqui, de grande dificuldade, estava fechada ao público desde o começo da temporada de sua utilização, mas os alunos, segundo o jornal local "Le Dauphiné Libéré", tinham manifestado o desejo de descê-la assim mesmo, e o monitor que os acompanhava aceitou o pedido.

Segundo algumas testemunhas, a avalanche foi causada por um grupo de esquiadores que passou por outra parte da montanha onde estavam os jovens, estudantes de um colégio de Lyon.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos