Terremoto de magnitude 5,3 sacode região noroeste da China

Pequim, 14 jan (EFE).- Um terremoto de magnitude 5,3 na escala Richter abalou nesta quinta-feira a região de Xinjiang, no noroeste da China e fronteiriça com vários países da Ásia Central, Rússia e Mongólia, informou a agência oficial "Xinhua".

O terremoto foi sentido às 5h18 locais (19h18 de Brasília de quarta-feira) na Prefeitura Autônoma de Bayingol Mongólia de Xinjiang, a uma profundidade de apenas cinco quilômetros, segundo o Centro Nacional da China de Terremotos (Cenc, sigla em inglês), citado pelo veículo oficial chinês.

O epicentro foi situado a uma latitude de 42,19 graus norte e uma longitude de 84,12 graus leste, segundo o Cenc, e, por enquanto, não há informações sobre vítimas.

Uma equipe de sete pessoas da Administração de Terremotos de Xinjiang, entre elas o chefe do condado de Luntai, se deslocou até o local do epicentro para fazer o registro de danos.

As autoridades de Luntai, onde ocorreu o terremoto, continuam coletando informações sobre possíveis vítimas e perdas econômicas causadas pelo sismo.

O oeste da China, onde se encontram as regiões autônomas do Tibete e Xinjiang e as províncias de Yunnan, Sichuan e Qinghai, sofre terremotos com frequência, já que se encontra perto do local de atrito entre as placas tectônicas da Ásia e da Índia, no Himalaia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos