Confrontos com exército em Gaza deixa 2 mortos

Gaza, 15 jan (EFE).- Um confronto entre manifestantes e soldados israelenses terminou com dois palestinos mortos no leste de Gaza, perto da fronteira com Israel, informaram fontes médicas na faixa.

Segundo o porta-voz do Ministério da Saúde do movimento islamita Hamas em Gaza, Ashraf al Qedra, Mohammed Abu Zayed, de 18 anos, foi morto nos confrontos registrados ao leste do campo de refugiados de Al-Bureij.

O segundo morto é um jovem de 26 anos que vivia em Khan Yunes, que foi gravemente ferido no estômago e morreu no hospital.

Outros nove palestinos tiveram ferimentos a bala e dezenas de pessoas tiveram que ser atendidas por intoxicação por gás lacrimogêneo.

Os protestos começaram após as orações do meio-dia da Sexta-Feira Santa muçulmana, quando dúzias de jovens se dirigiram à região fronteiriça, onde lançaram pedras e coquetéis molotov e cantaram em solidariedade com os palestinos da Cisjordânia e contra o bloqueio israelense que estrangula a faixa há mais de oito anos.

Os soldados responderam com gás lacrimogêneo, balas de borracha e munição real para dispersar os manifestantes, informaram testemunhas.

Os protestos nas sextas-feiras se sucedem em Gaza desde o começo da onda de violência, em 1 de outubro, que já deixou 153 palestinos mortos, mais da metade autores de ataques ou de tentativas de ataque e os outros em enfrentamentos com as forças de segurança israelenses.

Neste período morreram 22 22 israelenses, dois estrangeiros e um palestino vítimas dessas agressões, além de outras três pessoas e o autor de um ataque com disparos em Tel Aviv cujas causas ainda não foram esclarecidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos