Emboscada jihadista contra soldados no Mali deixa 6 mortos

Bamaco, 15 jan (EFE).- Uma armadilha de um suposto grupo jihadista a um comboio do Exército do Mali na cidade de Timbuktu deixou seis pessoas mortas nesta sexta-feira, sendo três militares e três criminosos, informaram fontes de segurança à Agência Efe.

Os militares escoltavam uma entrega de ajuda humanitária quando foram surpreendidos por várias rajadas de tiros de armas automáticas, por volta das às 10h GMT (8h em Brasília) perto de um povoado situado a 11 quilômetros de Goundam, no sudoeste de Timbuktu. Além dos soldados mortos, outros dois homens ficaram feridos. Na ação, o exército conseguiu apreender um dos veículos dos terroristas.

O exército enviou reforços ao local, além de helicópteros, na busca pelos autores dos disparos, cuja identidade ainda é desconhecida, apesar de a forma de agir ser semelhante a anteriores ataques dos jihadistas, que contam com um número indeterminado de comandos no nordeste do Mali.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos