Confirmada morte na Venezuela de líder "narcoparamilitar" colombiano

Caracas, 16 jan (EFE).- O líder do grupo "narcoparamilitar" colombiano "Los Rastrojos", Walter Raúl Silva, conhecido como "Cara de Vieja", morreu na madrugada deste sábado no estado venezuelano de Táchira, na fronteira com a Colômbia, conforme foi confirmado oficialmente.

O governador de Táchira, José Vielma Mora, disse que Silva foi abatido em um confronto com soldados da direção geral de Contrainteligência Militar e agentes do Corpo de Pesquisas Científicas, Penais e Criminalísticas.

Mora disse que Silva era procurado pelos delitos de homicídio, sequestro, extorsão e desaparecimentos forçados.

"O confronto aconteceu às 2h45 hora local e junto com o corpo de Silva foi encontrada uma pistola, uma granada e uma bomba de gás lacrimogêneo", afirmou Mora em mensagem que escreveu na rede social Twitter.

A morte de Silva foi revelada inicialmente pelo canal internacional "Telesur", que deu conta de um confronto no povoado de Monero Puerto Vivas del Táchira e sugeriu que o paramilitar não estava acompanhado por outros membros de seu grupo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos