Partido governante em Taiwan reconhece derrota

Taipé, 16 jan (EFE).- O presidente e candidato presidencial do governante Partido Kuomintang (KMT), Eric Lu Liluan, reconheceu a derrota para a candidata do independentista Partido Democrata Progressista (PDP), Tsai Ing-wen, e renunciou ao seu cargo no KMT.

Lu, em um discurso em sua sede eleitoral em Taipé, pediu perdão a seus militantes pela derrota e renunciou ao seu cargo de dirigente do partido para assumir toda a responsabilidade pela derrota.

"Felicito a Tsai e ao PDP pela vitória, que é também uma responsabilidade sobre seus ombros, e espero que levem a República da China, a Taiwan, a um futuro melhor", disse Lu, emocionado.

O até agora presidente do KMT prometeu que seu partido refletiria para "captar a mensagem dos eleitores" e que seria um partido opositor leal e responsável, respeitando a vontade popular.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos