Sequestrados dois cidadãos austríacos no norte de Burkina Fasso

Ouagadogou, 16 jan (EFE).- Dois cidadãos austríacos, aparentemente um casal, foram sequestrados ontem à noite no norte de Burkina Fasso, em uma região próxima à fronteira com o Mali, informou nesta sexta-feira o Ministério de Segurança deste país.

O sequestro aconteceu na cidade de Baraboulé, na província de Soum.

A autoria do sequestro ainda não foi confirmada, embora fontes do ministério consultadas pela Efe suspeitem que poderia se tratar de uma ação jihadista.

A notícia do sequestro foi publicada pouco depois do fim da operação militar que liberou o hotel Splendid, tomado ontem à noite por um comando do grupo Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI).

As forças de segurança de Burkina Fasso investigam se o sequestro tem alguma relação com este ataque, que deixou 26 pessoas de 18 nacionalidades mortas.

O exército conseguiu liberar 126 pessoas que permaneciam retidas em seu interior, e outras 33 pessoas ficaram feridas.

A Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) também reivindicou o ataque contra o hotel Radisson Blu, na capital do Mali, Bamaco, em 20 de novembro, que deixou 19 mortos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos