Assassinados dois altos comandantes de segurança leais aos houthis no Iêmen

Sana, 17 jan (EFE).- Dois altos comandantes policiais do Iêmen, o diretor de informação da Segurança Central e o chefe da polícia da província de Al Baida, foram assassinados neste domingo em ataques na capital Sana e em Al Baida.

O coronel Mohammed Ramadan ao Dalai, responsável pela Segurança Central, morreu na hora ao ser baleado por homens armados quando conduzia seu veículo no bairro Al Nasr, em Sana.

Já o general-de-brigada Adel al Asbahi morreu na explosão de uma bomba que estava colocada debaixo de seu carro em Al Baida, a 270 quilômetros da capital.

O movimento rebelde houthi tem Sana e a província de Al Baida sob controle, assim como a maioria das regiões do noroeste do Iêmen.

Até agora nenhum grupo reivindicou estes assassinatos, mas os grupos terroristas Estado Islâmico e Ansar al Sharia já cometeram ataques semelhantes contra funcionários de segurança, militares e políticos leais aos houthis.

Os grupos extremistas voltaram a irromper com força no Iêmen aproveitando a atual situação de conflito entre os rebeldes e as forças do presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos