Combates e bombardeios em Deir ez Zor após assassinatos e sequestros do EI

Cairo, 17 jan (EFE).- As forças do regime sírio tentam retomar o controle do bairro de Al-Bughayliyah, na cidade de Deir ez Zor, onde uma ofensiva ontem à noite do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) deixou 280 mortos e 400 sequestrados.

Al-Bughayliyah é palco de violentos enfrentamentos entre os combatentes do EI e os soldados do governo sírio e as milícias leais a ele, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

O regime sírio está levando reforços militares, munição e armamento a esta região para recuperá-la.

Também foram registrados combates neste domingo nos bairros de Al Rushdiya, Al Khubaila e Al Huaiqa, assim como na cidade de Al Karita, na periferia ocidental de Deir ez Zor.

A aviação de combate do regime de Damasco bombardeou zonas nos arredores de Al-Bughayliyah e nos povoados de Al Yanina, Al-Huseiniya e Al Husan.

Ontem 400 civis, muitos deles familiares de soldados das forças do regime, foram sequestrados pelo EI em Deir ez Zor.

Os números de vítimas mortais de ontem variam entre 280 - anunciado por fontes governamentais, e 135 do Observatório.

As forças governamentais mal controlam poucos bairros no norte de Deir ez Zor, e o aeroporto militar da cidade.

O EI proclamou no final de junho de 2014 um califado nas áreas conquistadas na Síria e no Iraque.

No mês seguinte, avançou pela província de Deir ez Zor, fronteiriça com o território iraquiano, e conseguiu domínio quase total. Esta semana o cerco imposto pelos jihadistas aos bairros nas mãos do regime completou um ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos