Exército colombiano resgata 15 pessoas que tinham sido sequestradas pelo ELN

(Atualiza com número oficial de sequestrados).

Bogotá, 17 jan (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, informou neste domingo que as 15 pessoas, entre elas três menores de idade, que tinham sido sequestradas pela guerrilha Exército de Libertação Nacional (ELN) foram resgatadas hoje em uma operação militar.

"Resgatados os pescadores que o ELN tinha retido como suposto castigo. Felicitações, exército da Colômbia, agora vamos perseguir os responsáveis", escreveu Santos em sua conta no Twitter.

Inicialmente o tenente-coronel Jaime Guio Ochoa havia afirmado ontem à emissora de rádio "RCN" que 17 pessoas, entre elas dois menores de idade, foram sequestradas no próprio sábado quando estavam indo pescar no lodaçal de Simoa, próxima ao município de Morales, no departamento de Bolívar (norte).

O Ministério da Defesa explicou também em seu conta no Twitter que recuperou os pescadores em uma operação aérea, mas não forneceu mais informações nem detalhou o estado dos sequestrados.

Morales e seus arredores formam uma área de forte domínio histórico do ELN, segunda maior guerrilha do país e que se encontra desde janeiro de 2014 em diálogos "exploratórios" com o governo a fim de iniciar um processo de paz similar ao que o Executivo desenvolve com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) há mais de três anos.

A área é muito pantanosa e rica em minerais, razão pela qual proliferaram as jazidas ilegais para extraí-los.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos