Santiago de Cuba registra 2 terremotos de quase 5 graus com várias réplicas

Havana, 17 jan (EFE).- Dois terremotos consecutivos, de 4,8 e 4,6 graus de magnitude na escala Richter, e várias réplicas perceptíveis foram registradas na madrugada deste domingo na província de Santiago de Cuba, sem que haja relato de vítimas nem danos materiais, informou a imprensa oficial da ilha.

O primeiro dos sismos foi localizado nas primeiras horas desta madrugada com uma profundidade de cinco quilômetros, e o segundo, ocorrido minutos depois, aconteceu a uma profundidade de 2,5 quilômetros, ambos cerca de 40 quilômetros ao sudoeste da cidade de Santiago de Cuba.

Perante o aumento da atividade sísmica ao sul da província de Santiago de Cuba, o Estado-Maior Nacional da Defesa Civil assinalou que, junto ao Centro Nacional de Pesquisas Sismológicas (Cenais), mantém a vigilância sobre os tremores de terra no setor Santiago e Baconao, considerado como o de "maior perigo".

Em uma nota divulgada pela imprensa oficial, a Defesa Civil disse que está especificando as "ações de resposta" de diversos organismos em nível nacional a fim de encarar um eventual sismo de grande intensidade.

Ao longo da madrugada foram registradas dez réplicas dos sismos, uma situação que o diretor do Cenais, Bladimir Moreno Toirán, descreveu como "anômala", advertindo que "é preciso estar atentos".

Toirán lembrou que Cuba é um país "sismicamente ativo" porque se encontra na fronteira das placas tectônicas da América do Norte e do Caribe, mas assinalou que na região sul do oriente cubano, por ser mais próximo das mesmas, há maior incidência, apesar de nem sempre os movimentos telúricos serem perceptíveis.

Cuba registrou 5.053 sismos ao longo de 2015 e, desse total, 17 foram perceptíveis e a maior incidência ocorreu ao sul da região oriental de Cuba, segundo um estudo de especialistas do Cenais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos