Ataque perto da cidade paquistanesa de Quetta deixa pelo menos 5 mortos

Islamabad, 18 jan (EFE).- Pelo menos cinco membros do Corpo de Fronteiras do Paquistão morreram e dois ficaram feridos em uma explosão nesta segunda-feira durante a passagem de uma patrulha perto da cidade de Quetta (oeste), no segundo ataque a esta região em menos de uma semana, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

A ação aconteceu em Margut, cerca de 50 quilômetros ao leste de Quetta, quando um grupo de insurgentes detonou por meio de controle remoto uma bomba improvisada no momento em que o veículo passava, segundo um oficial das forças de segurança que pediu anonimato. Os cinco homens do Corpo de Fronteiras morreram no local e os dois feridos foram levados ao hospital, um deles em condição crítica, acrescentou.

Este corpo auxiliar do exército paquistanês, que atua principalmente em áreas tribais do oeste do país, sofreu em 2015 na província de Baluchistão, a maior do Paquistão e da qual Quetta é capital, 941 ataques insurgentes nos quais 43 de seus membros morreram e 112 ficaram feridos.

Na quarta-feira passada, um centro contra a poliomielite em Quetta foi alvo de um atentado. Ao todo 15 pessoas morreram. A maior parte era policial que escoltava as equipes de vacinação.

Estes incidentes acontecem no meio de uma significativa diminuição no número de ataques no Paquistão desde que em junho de 2014 o exército começou uma operação antiterrorista no noroeste do país, na qual pelo menos 3.400 insurgentes e 488 militares morreram. EFE

aa-lar/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos