Aos 112 anos, morre no Japão o homem mais velho do mundo

Tóquio, 19 jan (EFE).- O japonês Yasutaro Koide, reconhecido pelo "Guinness Book" como o homem mais velho do mundo, morreu nesta terça-feira aos 112 anos na cidade de Nagoya, informou a emissora pública "NHK".

Koide nasceu em 13 de março de 1903 e recebeu o título em agosto do ano passado. Passou a maior parte de sua vida em Nagoya, onde faleceu por insuficiência cardíaca. O idoso estava internado desde o início do ano em um hospital da região, segundo a imprensa local.

Quando jovem, trabalhou como alfaiate em uma loja de roupa masculina na cidade de Tsuruga, em Fukui. Mesmo com a idade avançada, Koide ainda caminhava sozinho pela casa e lia o jornal sem óculos.

Atualmente, a pessoa mais velha do mundo, segundo o "Guinness Book" é Susannah Mushatt Jones, de 116 anos e moradora de Nova York. O título veio após a morte da japonesa Misao Okawa, de 117, que morreu em abril do ano passado.

O Japão está na lista de países com a maior expectativa de vida do mundo, onde as pessoas superam os 80 anos. Conforme os dados mais recentes, os homens vivem, em média, 80,5 anos e as mulheres, 86,83. EFE

tcc/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos