Vice-presidente da Colômbia se submete a cirurgia cerebral

Bogotá, 20 jan (EFE).- O vice-presidente da Colômbia, Germán Vargas Lleras, será submetido nesta quarta-feira a uma intervenção cirúrgica cerebral, que foi agendada desde dezembro, informou o presidente, Juan Manuel Santos.

"O vice-presidente Germán Vargas está nas melhores mãos. Confiamos que sairá bem de sua cirurgia e o teremos em breve entre nós", escreveu Santos em seu conta no Twitter.

Em 2 de dezembro, Vargas Lleras sofreu um desmaio durante um evemto público em Floridablanca, no departamento de Santander, no leste do país, e passou dois dias internado.

Segundo o boletim médico de então, o vice-presidente apresentou "um quadro convulsivo associado a uma lesão estrutural cerebral antiga e benigna, acentuada por sua excessiva carga laboral dos últimos dias". A possibilidade de doença cardíaca foi descartada.

Em mensagem em sua conta no Twitter, Vargas Lleras explicou que teria que se submeter a uma "pequena cirurgia" para retirar um "meningioma benigno", um tumor cerebral que atinge a meninge, membrana que envolve o sistema nervoso central.

Diferentes meios de comunicação informaram que Vargas Lleras viajou nos primeiros dias de janeiro à Espanha para um tratamento para melhorar suas condições de saúde antes de se submeter à cirurgia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos