Acidente com embarcação no mar Egeu mata pelo menos 12 refugiados

Istambul, 21 jan (EFE).- Pelo menos 12 refugiados sírios e iraquianos morreram afogados nesta quinta-feira, depois que o barc no qual estavam tombou próximo da ilha grega de Lesbos, segundo meios de comunicação locais.

Pescadores viram corpos no mar e avisaram a guarda costeira da Turquia, informou a agência privada turca "Cihan".

As patrulhas marítimas turcas resgataram 25 pessoas com vida, entre elas uma mulher com hipotermia que foi internada em um hospital.

Além disso, foram recuperados 12 corpos, mas o número de mortos pode aumentar, dado que, de acordo com os sobreviventes, cerca de 50 pessoas viajavam na embarcação.

Os refugiados tinham partido do município de Foceia, a 50 quilômetros da cidade turca de Esmirna, separado da ilha grega de Lesbos por um braço de mar de 32 quilômetros.

O litoral da província de Esmirna é um dos locais onde mais ocorrem naufrágios.

Em 2015, a guarda litorânea da Turquia salvou 24 mil pessoas nesta zona, de um total de 86 mil refugiados ou imigrantes ilegais resgatados pelas patrulhas turcas no Egeu durante neste mesmo ano.

Os temporais e as nevascas no oeste da Turquia dos últimos dias não interromperam as travessias e desde o começo do ano, já foram registrados vários naufrágios, com mais de 30 mortos na jornada mais trágica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos