Alemanha prende dois suspeitos de agressões sexuais no ano novo em Hamburgo

Berlim, 21 jan (EFE).- A promotoria e a polícia de Hamburgo informaram nesta quinta-feira que prenderam dois suspeitos de agressão sexual na noite de ano novo na cidade, no norte da Alemanha.

São dois cidadãos de origem afegã, de 29 e 24 anos, que serão colocados hoje à disposição da justiça.

O primeiro foi detido ontem em um centro de amparo de refugiados depois de testemunhas o reconhecerem através de imagens publicadas pela imprensa.

Durante uma revista no centro em que vive, os agentes encontraram provas que o incriminam e no no interrogatório conseguiram informação sobre um segundo suspeito, de 24 anos.

Ele também foi detido ontem em um centro de amparo de refugiados.

A polícia de Hamburgo recebeu cerca de 200 denúncias de roubos e agressões sexuais, e em Colônia o número esse número chegou a 821 na segunda-feira, 359 delas de caráter sexual.

A polícia de Colônia identificou 30 suspeitos, 15 deles solicitantes de asilo, 11 provavelmente em situação ilegal na Alemanha, dois menores refugiados desacompanhados e dois possuem permissão de residência.

Dos 30 suspeitos, 25 são do Marrocos e da Argélia, segundo o relatório do Ministério do Interior do estado federado da Renânia do Norte-Vestfália divulgado ontem pela imprensa local.

Até agora sete pessoas estão em prisão preventiva pelos incidentes do reveillon em Colônia, um deles por agressão sexual. EFE

egw/cd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos