Cingapura cria o 1º bairro adaptado para idosos

Bangcoc, 21 jan (EFE).- Cingapura criou o primeiro bairro adaptado a pessoas senis, com a formação de moradores capazes de reconhecer e atender corretamente esse público, informou nesta quinta-feira a imprensa local.

O projeto é do Khoo Teck Puat Hospital (KTPH) e da Lien Foundation, em parceria com a Prefeitura de Yishun, uma das que tem a maior proporção pessoas com mais de 65 anos do país: 10% de seus 20 mil habitantes. Cerca de 2 mil cidadãos, incluindo estudantes, voluntários e equipes de atendimento ao público em lojas, restaurantes, hospitais e igrejas, foram treinados para saber interagir os idosos, segundo o jornal "Straits Times".

Assim, se a pessoa se perder, por exemplo, haverá alguém preparado para ajudar ou se sair do supermercado sem pagar não será acusada de furto.

"Frequentemente o idoso é estigmatizado. A vergonha é exacerbada quando as pessoas não entendem os sintomas e acabam reagindo mal", disse o diretor-executivo da Fundação, Lee Poh Wah, ao jornal.

Os promotores esperam estender o projeto a outros bairros de Cingapura e criar mais comunidades adaptadas, o que permitiria que os idosos pudessem continuar vivendo em suas casas em vez de hospitais ou asilos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos