Exército chinês realiza manobras perto de Taiwan após vitória independentista

Pequim, 21 jan (EFE).- Forças do exército chinês realizaram manobras na província de Fujian, em frente a ilha de Taiwan, poucos dias depois da vitória do independentista Partido Democrata Progressista (PDP) nas eleições presidenciais taiuanesas.

O jornal "South China Morning Post" informou nesta quinta-feira que os exercícios militares, que incluíram simulações de desembarques com veículos anfíbios, helicópteros e paraquedistas, assim como testes com fogo real, aconteceram na ilha de Xiamen, a apenas 10 quilômetros da ilha taiuanesa de Kinmen.

Analistas militares citados pelo jornal interpretaram as manobras como uma "advertência política" a Taiwan, que nos últimos oito anos foi governada pelo Partido Nacionalista Kuomintang, tempo em que experimentou uma forte aproximação da China, que teme agora perder com a chegada ao poder do PDP.

Segundo o jornal de Hong Kong, a mensagem enviada com as manobras é que a China não descarta usar a força para recuperar a ilha, que tem autonomia política da parte continental desde 1949, quando o Kuomintang se refugiou ali após ser derrotado na guerra civil contra o Partido Comunista.

Os exercícios militares, realizados em um momento de intensa remodelação do exército chinês, foram feitos pelo batalhão 31, com sede em Xiamen, em uma data não confirmada.

Algumas imagens dos exercícios foram exibidas pelo canal militar da televisão estatal chinesa "CCTV".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos