Bombardeios em zonas sob controle do EI matam 15 na Síria

Beirute, 22 jan (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram nas últimas horas por bombardeios de aviões de guerra de origem desconhecida em áreaas sob o controle do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no nordeste da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos nesta sexta-feira.

Pelo menos 10, entre eles três crianças, em vários ataques aéreos contra diferentes bairros da cidade de Al Raqqa, o reduto principal dos extremistas no território sírio.

Os aviões tiveram como alvo os distritos de Al Meshleb, as proximidades do hospital Al Salam e a área de Seif al Daula.

A ONG afirmou que há vários feridos, alguns graves, e o número de vítimas mortais pode aumentar.

Pelo menos cinco membros de uma mesma família - um casal e seus três filhos - morreram ontem à noite em bombardeios semelhantes em Al Kharita, nas mãos do EI, no leste da província de Deir ez Zor.

Atualmente as posições dos jihadistas na Síria são atacadas pela força aérea nacional e a da Rússia, aliada do regime de Damasco, e pela coalizão internacional liderada pelos EUA, que inclui Reino Unido e França.

O EI proclamou no final de junho de 2014 um califado nas área sob seu controle na Síria e no Iraque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos