Correa assegura que 22 presidentes participarão de Cúpula da Celac em Quito

Quito, 23 jan (EFE).- O líder equatoriano, Rafael Correa, garantiu neste sábado que 22 presidentes participarão da Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), que acontecerá na próxima quarta-feira em Quito.

"Comparecerão 33 delegações dos países da Celac, 22 presidentes das repúblicas", disse Correa em seu habitual relatório dos sábados, no qual garantiu que "tudo está pronto" para a reunião, na qual o Equador entregará a presidência pró témpore do grupo, que exerceu no último ano, à República Dominicana.

Na sexta-feira passada, a Chancelaria equatoriana informou que 17 líderes tinham confirmado o comparecimento à reunião da Celac em Quito.

Correa disse hoje que serão 22, entre eles todos os presidentes da América do Sul e que poucos das América Central e o Caribe não irão por dificuldades com a altura da capital equatoriana, localizada nos Andes a 2.850 metros sobre o nível do mar.

O líder afirmou, no entanto, que na reunião estarão presentes as delegações dos 33 países que formam a Celac.

"Quito e Equador abrem os braços aos irmãos da Pátria Grande", acrescentou Correa ao lembrar que a reunião será realizada na sede da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), situada no norte da capital de seu país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos