Briga em centro de refugiados na Alemanha deixa vários feridos

Berlim, 24 jan (EFE).- Uma briga da qual participaram cerca de 200 pessoas em um centro de refugiados na cidade de Leimen, no sudoeste da Alemanha, deixou vários feridos que tiveram que ser atendidos em um hospital, informou a polícia local neste domingo.

As autoridades não relataram ainda o número de pessoas feridas ou a gravidade dos ferimentos causados no tumulto, ocorrido ontem à noite.

Inicialmente, a polícia não tinha conhecimento da dimensão da briga, por isso enviou ao local com poucos agentes, que tiveram que pedir reforços.

A polícia suspeita que a origem da briga foi uma discussão religiosa, depois que alguns residentes acusaram outros de serem "maus muçulmanos" por terem consumido álcool.

Este não foi o primeiro incidente do tipo em um centro de refugiados na Alemanha. Em dezembro, em um albergue em Konstanz, uma briga entre um afegão e um albanês causou um tumulto generalizado depois que outras pessoas das duas nacionalidades se envolveram.

Também houve outras brigas por motivos diversos como a suposta destruição de um exemplar do Corão.

A polícia alertou que o risco de que qualquer conflito entre duas pessoas leve a uma escalada da violência em albergues de refugiados é grande devido à aglomeração em alguns destes e ao fato de que muitas vezes um problema envolvendo poucos indivíduos se transforme em um conflito entre grupos étnicos ou religiosos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos