Rebelo de Sousa se diz "serenamente confiante" com resultado das eleições

Lisboa, 24 jan (EFE).- Favorito nas eleições à presidência de Portugal, o candidato conservador Marcelo Rebelo de Sousa se disse "serenamente confiante" em relação ao resultado e pediu aos portugueses que vão às urnas - o voto no país não é obrigatório.

"Estou esperançoso de que haja uma taxa de participação muito significativa", disse o candidato, famoso no país como comentarista político na TV.

Rebelo de Sousa fe estas declarações após votar em um colégio da cidade de Celorico de Basto, a mesma que escolheu para anunciar sua candidatura, apesar de morar atualmente em Lisboa.

O candidato expressou seu desejo de que diminua a abstenção em relação ao último pleito presidencial, quando alcançou um nível recorde superior a 53%, e não quis dar sua opinião sobre se a eleição do substituto de Aníbal Cavaco Silva será decidida hoje ou se será necessário um segundo turno.

Todas as pesquisas apontam Marcelo Rebelo de Sousa, apoiado pelos dois partidos conservadores - atualmente na oposição -, como favorito, e alguns analistas políticos inclusive o preveem como vencedor no primeiro turno.

Seus principais concorrentes são os candidatos ligados ao Partido Socialista, que está no poder: o ex-reitor universitário António Sampaio da Nóvoa e a ex-ministra da Saúde Maria de Belém.

Caso nenhum candidato consiga mais de 50% dos votos, o segundo turno será realizado em 14 de fevereiro entre os dois candidatos mais votados hoje.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos