Shimon Peres é levado novamente hospital pela 2ª vez em 10 dias

Jerusalém, 24 jan (EFE).- O ex-presidente de Israel Shimon Peres, de 92 anos, foi levado neste domingo a um hospital -pela segunda vez em dez dias- após sofrer fortes dores no peito, informaram meios de comunicação locais.

O ex-mandatário israelense, que foi tratado inicialmente em sua residência por uma equipe médica de terapia intensiva, foi levado consciente ao hospital Shiva de Tel Hahsomer, no arredores de Tel Aviv, segundo a imprensa.

No último dia 14, Peres já havia sido internado pela primeira vez para passar por uma cirurgia de urgência por um leve ataque no coração, procedimento no qual teve uma artéria ampliada.

Na terça-feira, Peres recebeu alta e foi para sua casa em um aparente bom estado. Um de seus porta-vozes declarou inclusive que ele "descansaria em sua casa uns dias e voltaria ao trabalho provavelmente no próximo domingo (hoje) ou segunda-feira (amanhã)".

O ex-presidente de Israel entre 2007 e 2014 foi também duas vezes primeiro-ministro e outras duas primeiro-ministro interino, além de ocupar 12 vezes cargos ministeriais durante as mais de seis décadas que esteve em atividade na política israelense.

Além disso, obteve em 1994 o prêmio Nobel da Paz após a assinatura dos Acordos de Oslo, que compartilhou com o primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin e o presidente palestino, Yasser Arafat, mortos em 1995 e 2004.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos