Sobe para 47 número de mortos em bombardeios no nordeste da Síria

Cairo, 24 jan (EFE).- Bombardeios aéreos na periferia da cidade de Deir ez Zor, no nordeste da Síria, que é alvo de uma ofensiva do grupo Estado Islâmico (EI), já provocaram a morte de pelo menos 47 pessoas, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Segundo os últimos dados divulgados pela ONG neste domingo sobre os ataques lançados na véspera, entre os mortos há nove menores de idade e dez mulheres. Ontem, o Observatório tinha informado sobre a morte de 40 pessoas, mas os números aumentaram porque muitos ficaram gravemente feridos.

A organização não descarta que a quantidade de vítimas cresça ainda mais, já que há várias pessoas ainda internadas em estado grave nos hospitais da região.

Os aviões de combate, que o Observatório acredita pertencerem à Rússia, efetuaram vários ataques contra as aldeias de Jasham, Tabia Yazira e Al Bulail, todas elas no leste da província de Deiz ez Zor.

Há uma semana, os jihadistas do EI iniciaram uma ofensiva na parte noroeste da cidade de Deir ez Zor, capital da província de mesmo nome, para tentar expulsar as forças leais ao regime do presidente Bashar al Assad da região.

As autoridades ainda controlam o aeroporto militar de Deir ez Zor, os bairros de Al Yura e Al Qusur, além do quartel da 137ª Brigada do Exército, todos situados no leste da cidade. Calcula-se que cerca de 300 mil pessoas estejam cercadas por mais de um ano por membros da organização extremista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos