PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Votação para eleições presidenciais em Portugal é oficialmente encerrada

Criança espera a mãe votar em seção eleitoral em Lisboa - Tiago Petinga/Efe
Criança espera a mãe votar em seção eleitoral em Lisboa Imagem: Tiago Petinga/Efe

24/01/2016 18h15

As eleições presidenciais em Portugal, nas quais o conservador Marcelo Rebelo de Sousa parte como favorito a suceder Aníbal Cavaco Silva, terminaram neste domingo oficialmente às 20h  GMT (18h, em Brasília), com o fechamento dos colégios do arquipélago dos Açores.

Uma hora antes, tinham sido fechados os colégios eleitorais em Portugal Continental e no arquipélago da Madeira.

Espera-se que a abstenção tenha caído levemente com relação o pleito de 2011 (quando alcançou um nível recorde de 53,48%), de acordo com as projeções divulgadas pelas principais cadeias de televisão lusas, que a situam agora entre 48% e 53%.

A votação, para a qual foram chamados 9,7 milhões de eleitores, transcorreram sem incidentes de relevância.

O mais destacado foi a decisão da CNE (Comissão Nacional de Eleições) de investigar declarações à imprensa feitas pelo líder do partido democrata-cristão CDS-PP, Paulo Portas, por considerar que poderiam implicar em um apoio a um dos candidatos que concorrem nas eleições.

Internacional