Confrontos no noroeste da Síria deixam 196 mortos em 2 semanas

Beirute, 25 jan (EFE).- As últimas duas semanas de confrontos entre as forças do regime de Bashar al Assad e facções armadas rebeldes no norte da província de Latakia, no noroeste da Síria, provocaram a morte de pelo menos 196 pessoas, informou nesta segunda-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Entre os mortos estavam 124 combatentes da Frente al Nusra, filial da Al Qaeda no país, e de seu aliado Exército Islâmico Turcomano, enquanto 72 eram soldados do governo.

Os enfrentamentos ocorreram nas regiões de Jabal Turcoman e Jabal Al Akrad, no norte de Latakia, onde as forças do regime, que contam a supervisão de oficiais russos, recuperaram o controle de 36 áreas.

O Observatório destacou que, nestas duas semanas, os soldados leais ao regime expulsaram os adversários de duas principais fortificações. Em paralelo, aviões sírios e russos bombardearam a região 522 vezes durante o período.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos