Lavrov e Kerry pedem definição de data para negociações sírias

Moscou, 25 jan (EFE).- O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado americano, John Kerry, pediram nesta segunda-feira que se anuncie o mais rápido possível a data das negociações de paz na Síria.

Durante um telefonema, Lavrov e Kerry "defenderam o anúncio, em breve, pelo enviado especial das Nações Unidas para a Síria, Staffan de Mistura, sobre o início às negociações sírias".

As negociações deveriam começar hoje em Genebra, mas as divergências sobre a lista de grupos opositores que deveriam se sentar à mesa de negociações e a lista de organizações terroristas que não devem ser beneficiadas por um cessar-fogo mantémparalisaram o início do processo.

Mistura, que já havia previsto na sexta-feira a possibilidade de um possível adiamento das conversas, deve dar hoje uma entrevista coletiva para informar sobre o resultado de suas consultas a respeito.

Segundo a chancelaria russa, Lavrov insistiu em sua conversa com o secretário de Estado americano sobre a importância do cumprimento da resolução 2254 da ONU na busca de uma solução ao conflito.

Além disso, destacou que é fundamental que a delegação da oposição seja representativa e que nas negociações se fale de forjar uma única frente na luta contra o terrorismo, de um cessar-fogo e de solucionar os problemas humanitários.

Lembrou também que a reforma política deve ser feita de mútuo acordo entre o governo e a oposição na Síria.

Kerry afirmou no domingo, durante sua visita à Arábia Saudita, que as negociações de paz acontecerão "em breve", mas que ainda existem "obstáculos no caminho" para uma solução política na Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos