Supostos bombardeios russos matam 9 pessoas no norte da Síria

Beirute, 26 jan (EFE).- Pelo menos nove pessoas morreram nesta terça-feira, entre elas uma mulher, em supostos bombardeios de aviões da Rússia contra a cidade de Ariha, na província setentrional síria de Idlib, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A força aérea russa lançou vários ataques contra a área do mercado de Ariha, que não é a primeira vez que é alvo de bombardeios.

Na mesma província, aviões de guerra de origem desconhecida realizaram vários ataques contra a cidade de Yaryanaz, nos arredores da cidade de Maarat al Nuaman, e em Saraqeb, onde houve vários feridos.

A maior parte da província de Idlib está sob o controle da Frente al Nusra, filial síria da Al Qaeda, e outras facções aliadas.

Desde outubro, o exército sírio, em colaboração com a aviação da Rússia, desenvolve uma ofensiva de grande escala em distintas regiões do país para retomar o controle de cidades e áreas controladas por opositores.

Os aviões russos iniciaram no final de setembro uma campanha de bombardeios na Síria naquela que é a primeira intervenção militar direta de Moscou no conflito sírio desde seu começo em 2011.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos