Duplo atentado no norte de Camarões deixa 3 mortos e 19 feridos

Yaoundé, 28 jan (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram e 19 ficaram feridas em um duplo atentado suicida perpetrado por supostos membros do Boko Haram na cidade de Kerawa, na região norte de Camarões, informaram nesta quinta-feira meios de comunicação locais.

As explosões ocorreram no começo da manhã em uma escola da cidade que era utilizada para dar cobertura aos refugiados nigerianos que tinham fugido do nordeste do país por temor aos ataques do grupo terrorista.

As autoridades cameronesas lançaram uma operação de busca e captura contra um dos terroristas, que aparentemente fugiu da cena aproveitando o caos criado com as explosões.

Este novo atentado ocorre horas depois que milicianos do Boko Haram incendiaram dezenas de casas em Bodo, onde na terça-feira passada já houve um triplo atentado suicida no qual morreram 30 pessoas.

O grupo terrorista nigeriano Boko Haram, após o início das operações da força multinacional, aumentou os ataques suicidas na região do lago Chade, uma zona difícil de controlar pela porosidade das fronteiras entre Nigéria, Camarões, Chade e Níger.

No entanto, no caso dos atentados perpetrados por menores, as forças de segurança cameronesas trabalham com a hipótese de que Boko Haram utilize crianças e adolescentes para que carreguem os explosivos com ameaças, e depois um miliciano do grupo detona a bomba à distância.

Desde 2013, os ataques do Boko Haram em solo camaronês custaram a vida de mais de 1,1 mil civis, 67 militares e três policiais, informou recentemente o ministro da Comunicação e porta-voz do governo, Issa Tchiroma Bakary.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos