Hamas confirma morte de 7 de seus milicianos em desabamento de túnel

Faixa de Gaza, 28 jan (EFE).- O braço armado do movimento islamita Hamas, as Brigadas Al Qasam, confirmaram nesta quinta-feira a morte de sete de seus milicianos no desabamento na terça-feira à tarde de um túnel que escavavam no nordeste da Faixa de Gaza.

Em comunicado divulgado à imprensa, a milícia confirma que as equipes de resgate encontraram sete de seus homens mortos no túnel que escavavam no bairro de Tufah, no nordeste de Gaza, um caminho subterrâneo com "fins militares".

Ontem, o Hamas não quis dar por mortos os desaparecidos e se limitou a anunciar que dez dos homens que ficaram presos no túnel, que desabou aparentemente devido às fortes chuvas que afetaram a região nos últimos dias, estavam "sãos e salvos".

Os palestinos construíram em Gaza uma ampla infraestrutura subterrânea que usam para o abastecimento de produtos e armas, após a imposição do bloqueio israelense sobre o enclave a partir de 2007, mas muitos deles foram destruídos nos últimos dois anos por Israel ou Egito.

As milícias também construíram túneis destinados a fins militares, para armazenar armas ou penetrar em território israelense.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos