Holanda quer devolver todos os refugiados chegados à Grécia via Turquia

Bruxelas, 28 jan (EFE).- A Holanda quer devolver todos os imigrantes que pedem asilo e que chegam à Grécia através da Turquia, em troca de um plano de entrada regular na Europa para acolher entre 150 mil e 250 mil refugiados, assegurou nesta quinta-feira o jornal "De Volksrant".

O periódico publicou uma entrevista do líder dos trabalhistas do partido Pvda, Diederik Samson, na qual explica que o governo holandês do primeiro-ministro Mark Rutte - do partido liberal VDD, que governa em coalizão com o Pvda - trabalha desde dezembro do ano passado neste plano, com o qual querem pôr fim à crise de refugiados vivida pela Europa.

A Holanda, que este semestre ocupa a presidência rotativa do Conselho da UE, já começou a tratar o plano com um grupo de países da UE com vistas a começar a aplicá-lo a partir desta primavera (hemisfério norte).

Para que o plano siga em frente também tem que ser feita a proposta para a Comissão Europeia (CE) para considerar a Turquia como país seguro, decisão que ainda está sendo negociada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos