Pelo menos 34 mortos por ataque do EI no nordeste de Aleppo

Beirute, 28 jan (EFE).- Pelo menos 34 pessoas morreram nas últimas 24 horas em um ataque do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) contra posições do regime sírio no nordeste de Aleppo, informou nesta quinta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Dessas vítimas fatais, pelo menos 20 eram soldados do regime, enquanto 14 eram integrantes do EI.

Os jihadistas realizaram uma ofensiva contra pontos de concentração das autoridades em povoados do nordeste de Aleppo, que há poucos dias estavam sob o domínio do EI e que lhes foram arrebatados pelos leais ao regime do presidente Bashar al Assad.

Na noite de ontem, pelo menos 15 civis morreram, entre eles cinco menores de idade, durante bombardeios de aviões de guerra de origem desconhecida na cidade de Al Bab e na região de Tadaf, controladas pelos radicais.

O EI proclamou no final de junho de 2014 um califado na Síria e no Iraque, onde tomou partes do norte e do centro de ambos os Estados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos