Estações de trem de Moscou são esvaziadas após alerta de bomba

Moscou, 30 jan (EFE).- Ao todo, duas estações ferroviárias de Moscou, Kazan e Kursk, foram esvaziadas neste sábado depois que a polícia recebeu um telefonema avisando que havia artefatos explosivos nas instalações.

"Depois das ligações para '02' (o telefone a polícia) da estação de Kazan foram retiradas mais de 600 pessoas de lá e 1.300 em Kursk", disse à agência oficial russa "RIA Nóvosti" uma fonte dos serviços de emergência da capital russa.

Após a saída do público, especialistas com cães treinados para detectar bombas inspecionaram as estações, que ficam no centro de Moscou.

Ontem, outro alerta de bomba, que resultou ser falso, obrigou a Central Hidrelétrica de Novosibirsk, na Sibéria, a evacuar todos os seus funcionários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos