Oposição síria pede libertação de mulheres e crianças prisioneiras

Genebra, 30 jan (EFE).- A aliança da oposição síria, que chegou neste sábado a Genebra para às negociações de paz pediu, ao governo que mostre boa vontade no início deste processo diplomático e liberte às mulheres e crianças que estão prisioneiras.

"Poucas coisas achamos fáceis de implementar e algo que é fácil é libertar essas mulheres e crianças das prisões. Queremos garantir que isso seja feito", declarou o porta-voz da Coalizão Nacional Síria (CNS), Salem Muslit.

Outro pedido do grupo é a permissão para a entrada de ajuda humanitária nas áreas que estão cercadas militarmente com população civil. Muslat afirmou que a delegação opositora "tentará que estas negociações sejam bem-sucedidas" e disse que as reivindicações não são pré-condições para a reunião com os membros do governo.

"Viemos aqui e estamos prontos para começar as negociações, mas também queremos ter a certeza de que a resolução 2.254 do Conselho de Segurança da ONU será cumprida", comentou ele, em referência ao texto que pede permissão para a entrada de ajuda humanitária às populações sob assédio armado e o fim dos ataques contra áreas civis.

Os representantes da oposição chegaram a Genebra no fim da tarde, mas problemas em alguns vistos de entrada os retiveram por mais de três horas no aeroporto. Na chegada ao hotel, evitaram falar com os jornalistas que aguardavam.

O porta-voz do grupo foi o único que se dirigiu brevemente à imprensa para dizer que as negociações de paz servirão para provar se o governo pretende ou não cumprir com os pontos indicados na resolução do Conselho de Segurança.

O mediador da Organização das Nações Unidas (ONU) nestas negociações, Staffan de Mistura, informou anteriormente que seu plano é fazer uma "reunião preparatória" amanhã com a delegação da oposição, como a feita ontem com a delegação do governo. Isto deixaria o terreno preparado para iniciar na segunda-feira as negociações indiretas entre as partes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos