Guarda Costeira da Itália resgata 655 pessoas no Canal da Sicília

Roma, 31 jan (EFE).- A Guarda Costeira da Itália resgatou desde o fim da noite de sábado e ao longo deste domingo pelo menos 655 pessoas que tentavam cruzar o Canal da Sicília para chegar ao litoral da Europa.

Os refugiados foram socorridos por embarcações italianas e também por navios de outros países europeus em diversas operações de salvamento coordenadas pelo Centro Nacional de Socorro da Guarda Costeira de Roma, vinculado ao Ministério de Transporte da Itália.

No início da madrugada de hoje, um barco europeu salvou 134 imigrantes, enquanto uma embarcação da Guarda Costeira resgatou outros 133 refugiados. No fim da noite de ontem, em duas operações, os navios auxiliaram 334 pessoas no total.

Os resgatados estão sendo levados a portos italianos, onde devem chegar nas próximas horas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos